Além do horóscopo: astrologia como ferramenta de autoconhecimento

Leoninos são vaidosos, taurinos são comilões, cancerianos choram por tudo, arianos são muito nervosos…

Acreditando ou não na astrologia, todo mundo conhece as características mais marcantes de cada um dos doze signos do zodíaco.

O que a maioria não sabe é que a Astrologia vai muito além dos estereótipos e não se resume apenas a uma crença ou superstição.

Pelo contrário, é um estudo amplo e complexo, baseada em cálculos, que está entre os primeiros aprendizados humanos – antes mesmo da escrita.

O estudo das influências dos planetas (astros) no comportamento humano sempre esteve na história da humanidade, sendo amplamente utilizado em diversas civilizações antigas, desde a Grécia à Babilônia, da China até Roma; registros deste fato podem ser encontrados inclusive em escrituras sagradas como os Vedas e a Bíblia.

Hoje a astrologia segue sendo uma ferramenta importante para o autoconhecimento, não para taxar alguém ou determinar seu caráter, mas para fornecer informações traços presentes na sua personalidade.

A influência zodiacal inclina, mas não determina.

Mas não é apenas o signo solar que traz essa influência e sim toda a configuração presente no mapa astral de uma pessoa. Ou seja, é um estudo profundo que nos permite conhecer nossos pontos fortes e fracos e, assim, canalizar melhor a nossa energia, para ter uma vida mais plena.  

Leave a Comment