Ritual Matinal: você tem um? Saiba quais são os benefícios.

Uma das atitudes mais transformadoras que podemos adotar em nossas vidas é ter um Ritual Matinal. Isso nada mais é que: repetir todos os dias, assim que acordamos, uma prática ou um conjunto de práticas, que pode ser: meditação, exercícios, orações, vocalização, ioga, etc…

O importante é ter um momento só nosso, que nos permita experimentar algo que nos faça bem, antes de nos entregarmos às atividades corriqueiras e às obrigações.

Já está mais que comprovado que as manhãs são o leme do dia. Quer dizer que a qualidade de um dia inteirinho vai depender da forma como nos sentimos nessas primeiras horas. Por isso, a forma mais eficiente de melhorarmos nossa rotina é despertando com uma postura positiva e otimista.

O principal desafio para isso é, obviamente, acordar mais cedo do que estamos acostumados. A maioria das pessoas prefere ficar na cama até o último minuto possível e levanta sem motivação, com preguiça e pressa. Mal sabem elas que as emoções que temos quando começamos uma nova jornada diária são muito importantes, pois afetam toda a nossa vida à longo prazo, já que a tendência é que se repitam e se tornem mais intensas.

Especialistas arriscam dizer que a toda a vida de uma pessoa pode ser determinada pela maneira como ela acorda. Muito louco isso, não é?

O Milagre da Manhã

O fato é que quando melhoramos nossa relação com as manhãs rapidamente aparecem resultados positivos. As mudanças surtem efeito e, por isso, nos sentimos mais motivados.

Não é à toa que um dos livros mais vendidos atualmente é O Milagre da Manhã, do Hal Elrod. Nele há uma fórmula muito eficiente de Ritual Matinal, que inclui seis passos ou práticas para serem feitas em uma hora. Os passos, chamados de Salvadores de Vida, são:

  1. Silêncio: 10 minutos
  2. Afirmações: 5 minutos
  3. Visualizações: 5 minutos
  4. Exercícios: 10 minutos
  5. Leitura: 20 minutos
  6. Escrita: 10 minutos

Antes de conhecer o livro eu já tinha o meu ritual, que continha exercícios respiratórios e meditação. A seleção de práticas é totalmente adaptável e podemos incluir outras ou fazer apenas uma, vai depender da nossa realidade. Eu fiz a do livro por um tempo e tive excelentes resultados no que diz respeito à vida prática e às metas.

Minhas manhãs nem sempre foram belas

Mas quem me conhece bem e há um tempo sabe que eu nunca fui uma pessoa matinal, ou seja, daquelas que acordam cedo com facilidade. Pelo contrário, isso sempre foi difícil para mim, principalmente porque para levantar cedo precisamos dormir cedo e isso exige organização e disciplina.

Houve um tempo em que eu sofri insônia e, consequentemente, tinha muita dificuldade para acordar e ir trabalhar o que me gerou uma série de problemas. Foi uma das fases mais complicadas da minha vida. Lembro também que quando eu era criança a minha mãe “pelejava” para eu acordar e chegar à escola no horário.

Depois de um tempo, descobri que não era que eu não gostasse de acordar cedo, eu só não tinha o hábito.

Quando comecei a cultivá-lo percebi logo que foi uma das melhores coisas que eu poderia fazer por mim. Sentia-me muito mais ativa, disposta, animada para fazer as minhas práticas diárias. Foi assim que passei a experimentar algo que para muita gente é estranho: a sensação de acordar feliz!

Posso testemunhar que levantar cedo e fazer um ritual matinal é uma das melhores maneiras de estar no controle de si mesma e ter uma vida melhor. Meu maior desafio agora é manter a disciplina, porém reconheço que quando eu consigo superar essa debilidade, é quando eu me sinto mais produtiva e motivada.

É por isso que recomendo tanto o Ritual Matinal. Se for muito difícil acordar uma hora antes, tente pelo menos 10 minutos, nem que seja para ficar em silêncio. Nada de começar o dia pegando o celular ou qualquer outra distração, pois isso nos faz esquecer de nós mesmos. Quem não tem 10 minutos para si em um dia de 24 horas com certeza não está bem.

Exija-se esse direito.

E o que se pode fazer nesse tempo? Recomendo o que eu faço:

  1. Fico em silêncio;
  2. Medito;
  3. Faço exercícios respiratórios e orações;
  4. Leio;
  5. Escrevo.

Mas cada um deve criar a sua própria rotina, com práticas que sejam prazerosas e eficientes para si. Experimentem e sintam os benefícios.

Leave a Comment